Você já parou para pensar quais são as forças que fazem você viver do jeito que tem vivido até hoje?

03/05/2018

O momento exato em que nascemos, quando recebemos o dom da vida, tem um significado profundo. Através dele, identificamos a posição dos planetas e sua disposição no zodíaco, marcando ali nossos desafios e oportunidades a serem olhados nessa jornada.

Através da Astrologia Sistêmica, encontramos na interpretação dessas posições do dia do nascimento, registros dos nossos padrões e dons vindos da nossa ancestralidade, programas inconscientes herdados do nosso sistema familiar, que nos fazem repetir histórias, comportamentos ou sintomas. São os emaranhamentos emocionais que ficaram no passado e que impactam nossa vida de alguma forma afetando diversas áreas como relacionamentos, carreira, saúde, prosperidade, sucesso.

Por trás de comportamentos, sintomas, escolhas profissionais, relações afetivas, relação com o dinheiro e tantas outras formas de agirmos e nos expressarmos, existe o eco do passado familiar.

A função pai (Sol) é a que gera a vida e faz com que nos lancemos na vida. Representa a capacidade de conquistar, criar e empreender. A função mãe (Lua) é a que sustenta e mantém a vida. Representa a capacidade de estar na vida, a posição em que nos colocamos nela e nosso grau de auto permissão de desfrutar dos bens da vida.

Se compreendemos essas funções e nos harmonizamos com elas, estamos prontos para viver a essência, para a felicidade de viver a vida que recebemos.


Vamos juntos?